Mesmo com troca de técnicos, José Welison se firma como titular no Botafogo

20 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

José Welison em Botafogo x Red Bull Bragantino | Campeonato Brasileiro 2020
Thiago Ribeiro/Botafogo

O Botafogo ainda não repetiu uma escalação em jogos consecutivos no segundo turno do Campeonato Brasileiro. Isso mostra, portanto, que o time ainda busca encontrar a própria identidade. Uma das maiores carências do Glorioso ao longo do ano foi a posição de primeiro volante. No entanto, após a chegada de José Welison, isso mudou.

Desde a saída de Paulo Autuori, o Botafogo joga com três homens de meio campo. Geralmente, o trio é formado por Caio Alexandre, Honda e um volante de contenção. O clube tentou alguns nomes para posição: Rafael Forster, Cícero, Carlos Rentería e o próprio Caio Alexandre jogando mais recuado.

José Welison estreou como titular com a camisa do Botafogo na partida contra o Bahia, no dia 8 de novembro, na Arena Fonte Nova – ou seja, no primeiro jogo do segundo turno. Desde então, Welison foi titular em quase todas as partidas – foi desfalque apenas contra o Atlético-MG, pois pertence ao Galo.

O volante foi titular com Flávio Tenius, Emiliano Díaz, Felipe Lucena e Eduardo Barroca. No último jogo, contra o Internacional, José Welison conseguiu o desarme em Patrick e o cruzamento preciso para Pedro Raul abrir o placar. Apesar da derrota, ele foi um dos melhores jogadores do Botafogo em campo. Se antes o Botafogo tinha dúvidas quanto a posição, hoje, tem uma certeza.

Fonte: Esporte News Mundo

Notícias relacionadas