Botafogo minimiza crítica do Vitória por aliciamento a Dankler

Compartilhe:

 O Botafogo assinou um pré-contrato com Dankler, de 21 anos, que estava em litígio com o Vitória. O clube baiano não ficou satisfeito com a situação e deu a entender sobre um possível aliciamento. O presidente do Alvinegro, Maurício Assumpção, se recusou a responder o diretor das divisões de base do rival, Epifânio Carneiro, sobre o assunto.

Assumpção preferiu manter a conversa com o presidente do Vitória, Alex Portela. Segundo o botafoguense, os baianos têm o direito de reclamar sobre a dívida referente a contratação de Elkeson, mas não sobre a chegada de Dankler, que queria um salario melhor e decidiu não renovar seu contrato.

“Não vou responder o dirigente do Vitória porque não o conheço. Posso falar com o presidente Alex Portela, que tem o direito de ficar chateado comigo. São duas situações. Sobre o Elkeson ele tem razão, pois ainda não pagamos tudo que foi combinado. Sobre o Dankler, fizemos o que a lei permite. Estava em litigio, empresário negociou com o Botafogo e firmamos um pré-contrato. Só isso. Não acho que seja um reclamação justa como é sobre o Elkeson”, desabafou Assumpção.

Dankler foi revelado nas categorias inferiores do Vitória e logo despertou interesse de clubes europeus. Seu contrato vai até o dia 15 de julho e o zagueiro pediu um aumento, mas os baianos fizeram uma oferta como se fosse atleta de base, o que foi recusado. Assim, entrou em litígio e assinou um pré-contrato com o Botafogo no início do ano.

Já sobre Elkeson, o  Botafogo gastou cerca de R$ 5 milhões para tirar o atacante  do Vitória, em 2011. Atualmente, o Alvinegro ainda deve aproximadamente R$ 800 mil ao baiano. As equipes estudam algumas possibilidades e a diretoria de General Severiano tenta emprestar algum atleta para quitar o valor.

Fonte: UOL

Comentários