A eliminação na Copa Sul-Americana para o Bahia nas cobranças de pênaltis já é coisa do passado no Botafogo, que começa a projetar a sequência no Campeonato Brasileiro. Com 33 pontos conquistados, perto da zona de rebaixamento, a meta é alcançar uma pontuação segura, que afaste de vez o risco da degola. Isso acontecendo será a senha para os dirigentes começarem a projetar a próxima temporada.

Na visão da diretoria o elenco precisa passar por uma reformulação, porém, se nenhuma tragédia acontecer no Brasileirão, o trabalho de Zé Ricardo continuará a ser bem avaliado e o desejo é que ele permaneça para 2019. Inclusive, ao aceitar dirigir o elenco no meio do Campeonato Brasileiro, o treinador recebeu da diretoria a promessa de um plantel bem mais competitivo na temporada seguinte.

O presidente Nelson Mufarrej incumbiu o diretor de futebol Anderson Barros de cuidar desta montagem, já que ele montou o bom time de 2012/2013, com nomes como o volante Renato e o atacante Loco Abreu, além de Seedorf. Tudo bem que naquela ocasião a situação financeira parecia mais confortável.

A situação dos atletas que têm contrato até o fim será analisada. Nomes como o lateral-direito Luis Ricardo, o lateral-esquerdo Moisés, o volante Dudu Cearense, por exemplo, aparecem fora dos planos e eles serão liberados para procurarem um novo clube.

Alguns dos emprestados contam com a confiança da comissão técnica, como o volante Jean e o atacante Erik. A ideia é começar uma espinha dorsal contando com nomes como o do goleiro paraguaio Gatito Fernández, do zagueiro Joel Carli e do volante Rodrigo Lindoso. Garotos revelados nas categorias de base seguiram sendo valorizados, porém, o clube estuda a possibilidade de negociação de um ou dois nomes para fazer caixa e facilitar a formação do elenco. Neste caso os que possuem mais valorização são o lateral-direito Marcinho, o zagueiro Igor Rabello e os volantes Gustavo Bochecha e Matheus Fernandes. A aposentadoria do goleiro Jéfferson, programada para o fim deste ano, também deverá dar uma folga ao orçamento do Glorioso.

Dentro de campo o elenco começou a se preparar para o clássico com o Vasco na próxima terça-feira, às 21h(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para este compromisso o time será definido nos treinos do fim de semana, que acontecerão sempre na parte da manhã.

Fonte: Gazeta Esportiva