Ainda não dá para saber o que vai acontecer dentro de campo, mas os jogadores do Botafogo já estão contagiados com a grande procura por ingressos para o jogo de amanhã, às 19h30, contra o Nacional-PAR, pela Copa Sul- Americana, que vai levar o melhor público do ano para o Estádio Nilton Santos. Na expectativa de uma grande festa da torcida, o clima no vestiário alvinegro é de retribuir o apoio lutando em campo.

—Vamos dar nossa alma dentro de campo. Tenho certeza que a torcida vai ajudar muito. Temos uma proposta de jogo e vamos tomar cuidado para não sermos surpreendidos. O mais importante é a classificação — disse o lateral-esquerdo Moisés, que voltou ao time no domingo, depois de período machucado.

Como perdeu por 2 a 1 numa taça com gol qualificado, o Botafogo só precisa vencer ou por 1 a 0, ou por dois gols de diferença. Qualquer empate classifica os paraguaios.

Por enquanto, o primeiro jogo da final do Campeonato Carioca contra o Vasco marcou a maior presença da alvinegra em 2018. Foram pouco mais de 16 mil pagantes na ocasião. Para amanhã, já são mais de 30 mil ingressos vendidos. A tendência é que o público seja maior do que o dobro, do que o recorde anterior.

Além de ser um jogo eliminatório em um campeonato internacional, o preço popular dos ingressos é fator fundamental para a grande procura. Os entradas variaram de R$ 5 a R$ 20, numa promoção em homenagem ao aniversário do futebol do clube, comemorado na semana passada.

Kieza fora do jogo

Ausência no fim de semana, contra o Paraná, Kieza também vai ficar de fora do jogo de amanhã, contra o Nacional-PAR. Com dores na região posterior da coxa direita, o atacante teve uma lesão confirmada e já iniciou tratamento. Aguirre, que foi o titular na partida anterior, deve seguir no comando do ataque alvinegro.

Além do uruguaio, Brenner também briga pela vaga. Mas como o uruguaio ganhou a chance contra o Paraná, a tendência é que a escolha se repita amanhã. Kieza e Brenner são os artilheiros da equipe no ano, com oito gols.

Outro que não vai estar à disposição de Zé Ricardo é o meia Leandrinho, que sentiu um problema muscular durante o jogo-treino contra a Portuguesa na segunda e também não participou das atividades de ontem.

Fonte: Extra Online