CBF atende a Fifa, e bancos terão 12 reservas no Brasileirão

Compartilhe:

Em maio de 2012, a Fifa autorizou que os clubes passassem a levar 12 jogadores para o banco de reservas em suas partidas, da mesma forma como ocorre com as seleções nos torneios oficiais da entidade. A prática começará a valer apenas agora no futebol brasileiro.

Na última quarta-feira, a CBF, por meio de seu diretor de competições, Virgílio Elísio, assinou documento chancelando a mudança em seus campeonatos. Desta forma, tanto no Brasileirão como na Copa do Brasil, as equipes poderão incrementar seus bancos. Antes, apenas sete atletas eram permitidos por time. O fato, no entanto, não altera o número de substituições, que continuam sendo apenas três por equipe em cada jogo.

No documento, a CBF não precisa quando a regra entrará em vigor. Apenas orienta aos administradores dos estádios que recebem os confrontos da competição a ampliarem os bancos, de forma que possam comportar os 12 jogadores e a comissão técnica. As novas arenas, que sediarão jogos da Copa do Mundo de 2014, já foram construídas ou reformadas com a orientação.

Ofício CBF documento (Foto: Divulgação / CBF)


Fonte: Globoesporte.com
Comentários