Se a crise financeira não permite aos clubes brasileiros – e cariocas – fazerem loucuras na hora de contratar para 2016, vale recorrer às transferências gratuitas, ou seja, aquelas em que os clubes só têm o trabalho de oferecer um contrato ao jogador para tentar um acerto. Com o fim de 2015, muitos atletas Brasil afora ficaram sem contrato, abrindo uma oportunidade para que clubes sem grandes recursos possam tentar a sorte na hora de contratar.

No primeiro dia do ano, o FutRio.net elabora uma lista com alguns nomes que podem servir a clubes cariocas para a temporada que se inicia. São atletas de todas as posições, com passagens por importantes clubes nacionais, e que estão totalmente livres para assinar a partir de agora. Confira os nomes:

GOLEIROS

Aranha (35 anos): Veterano goleiro, teve como seu último clube o Palmeiras (SP), onde jogou apenas uma vez em 2015. Teve passagens de destaque por Ponte Preta e Santos.
Renan (26 anos): Ficou por oito anos no Glorioso e disputou 130 partidas. Não renovou com o Fogão para a temporada de 2016 e observa possibilidades para a próxima temporada.
Klever (26 anos): Tinha contrato até fevereiro, mas rescindiu antes mesmo do fim do ano. No Rio de Janeiro, já passou pelo Volta Redonda, por onde jogou em 2011.

LATERAIS-DIREITOS

Ilsinho (30 anos): Sem contrato desde o meio de 2015, teve o Shakhtar Donetsk (UCR) como seu último clube. No Brasil, passou por Palmeiras, São Paulo e Internacional. Provavelmente, pediria um alto salário.
Ivan (23 anos): Começou o ano como titular do Coritiba (PR), mas acabou perdendo espaço e não renovou seu vínculo. Disputou 23 partidas pelo Coxa durante a temporada passada.
Ayrton (30 anos): Está deixando o Flamengo depois de uma temporada sem muito brilho. Destacou-se pelo Coritiba e pelo Vitória, mas viveu um 2015 de pouco sucesso. A bola parada é um de seus fortes.
Diogo Mateus (22 anos): Foi bem com a camisa do Vitória (BA), no acesso à Série A do Brasileiro. Terminou seu contrato no dia 31 e ainda não renovou com o Leão. Chegou a ser sondado pelo São Paulo.

ZAGUEIROS

Edson Silva (29 anos): Deixou o São Paulo após quatro temporadas. No Rio, passou por Botafogo, Duque de Caxias e Boavista, mas ganhou exposição nacional no Figueirense (SC), que agora quer tê-lo de volta.
Danny Morais (30 anos): Com 46 jogos em 2015, foi um dos principais nomes da campanha do Santa Cruz (PE), na Série B nacional. Clube pernambucano ainda tenta sua renovação, que segue indefinida.
Wesley Matos (29 anos): Não irá permanecer no América (MG) após o final de seu contrato. Foi titular absoluto do Coelho na Série B e disputou 49 jogos, com quatro gols. Deixou sua marca contra o Macaé, na competição.
Marcelo (24 anos): Terminou contrato com o Flamengo na última semana. Chegou do Volta Redonda sob alcunha de “novo Dedé”, mas teve pouco espaço. Parte de seus direitos econômicos pertence a um grupo de investidores.
Adailton (32 anos): Estava nos Estados Unidos, pelo Chicago Fire. Experiente fora do país, viveu bons momentos no Brasil pelo Vitória (BA), onde foi revelado e chegou à Seleção Brasileira Sub-20.
Guilherme Mattis (25 anos): Pertence ao Bragantino (SP) e passou sem brilho pelo Fluminense, entre 2014 e 2015. Atuou recentemente pelo Vitória e subiu para a Primeira Divisão do Brasileiro.
Emerson Conceição (29 anos): Quase não jogou em 2015 – apenas duas partidas – pelo Atlético (MG). Já atuou por Lille (FRA), Benfica (POR) e Trabzonspor (TUR). Seu vínculo vai até março, mas não será renovado.
Demerson (29 anos): Encerrou passagem pelo futebol chinês e poderia voltar ao Brasil após um ano fora. Fez parte do plantel vice-campeão da Copa do Brasil, pelo Coritiba (PR), nos anos de 2011 e 2012.

LATERAIS-ESQUERDOS

Ávine (27 anos): Considerado uma grande promessa do Bahia no começo da década, jogou apenas 16 vezes nos últimos quatro anos. Sem clima no clube, deve deixar a equipe em fevereiro, quando termina seu vínculo.
Tiago Costa (28 anos): Defendeu três times neste ano, mas jogou pouco em todos eles – Ceará, Santa Cruz e Chapecoense. Destacou-se no Rio por Volta Redonda e Castelo Branco e conhece o futebol carioca.
Fabinho (30 anos): Encerrou passagem pelo futebol dos Estados Unidos, onde atuou pelo Philadelphia Union, com 59 jogos e dois gols. Está fora do Brasil há quatro anos, depois jogar no Volta Redonda, em 2011.

VOLANTES

Ricardinho (26 anos): Volante que também sabe atuar como lateral-direito, está livre após ter sido titular absoluto do Paraná Clube em 2015, com 47 partidas. Jogou ainda por Goiás, Vila Nova (GO) e Avaí (SC).
Josué (36 anos): Veterano de Copa do Mundo e Mundial de Clubes, o experiente jogador acaba de deixar o Atlético (MG). Foi sondado pelo Vasco, mas empresário negou contato cruz-maltino com o meio-campista.
Marcelo Mattos (31 anos): Depois de muitos anos pelo Botafogo, teve passagem curta pelo Vitória (BA), mas não renovou. Jogou apenas dez vezes pelo Leão da Barra na atual temporada e busca uma nova oportunidade.
Charles (30 anos): Jogador identificado com o Cruzeiro (MG), mas que não permaneceu na Raposa para 2016. Carioca de nascimento, teve passagem pela Cabofriense em 2006. Jogou também por Santos, Palmeiras e futebol russo.
Tinga (25 anos): Outro nascido no Estado do Rio – em Bom Jardim – foi titular do Avaí em 2015, com 30 partidas. Surgiu como revelação na Ponte Preta (SP) e foi procurado pelo mercado asiático.
Danilo Pires (23 anos): Acaba de ser dispensado do Atlético (MG). Jogou 10 partidas no ano passado. Seus direitos econômicos estão ligados ao Santa Rita (AL). Já negocia com o Santa Cruz (PE).

MEIAS

Carlos Eduardo (28 anos): Apesar das más lembranças por parte do torcedor do Flamengo, o meia é um jogador valorizado e que acaba de deixar o Rubin Kazan (RUS). Volta ao Brasil poderia erguer novamente seu futebol.
Leandro Domingues (31 anos): Experiente meia-armador, deixou há pouco o Nagoya Grampus (JAP), onde brilhou nos últimos anos. Sem contrato, foi procurado pelo Vitória (BA), mas conversas não avançaram.
Nadson (26 anos): Foi artilheiro do Sampaio Corrêa (MA) na Série B, com 10 gols em 31 jogos. Em 2015, atuou ainda pela Caldense (MG), onde foi vice-campeão estadual. Bahia já está de olho no jogador.
Marcos Aurélio (31 anos): Veterano meia-atacante, atuou por Ceará e Coritiba no ano que se encerrou, sem grande destaque. Brilhou, no futebol brasileiro, por equipes como Sport (PE) e Santos.
Jajá (29 anos): Revelado pelo Cruzeiro, rodou por vários times brasileiros e asiáticos. Passou pela Cabofriense em 2011. Estava no Jiangxi Liansheng (CHN), lanterna da segunda divisão local.

ATACANTES

Wallyson (27 anos): Ex-Botafogo, atuou pouquíssimo pelo Coritiba em 2015 – apenas seis vezes. Jogador de destaque no cenário nacional nas últimas temporadas, está livre para negociar. Mantém a forma no ABC (RN).
Léo Gamalho (29 anos): O “Samurai” não repetiu em 2015 as mesmas atuações de 2014, mas foi capaz de deixar sua marca por sete vezes no Bahia e cinco pelo Avaí, onde seu contrato foi encerrado no fim do ano.
Zé Carlos (32 anos): Goleador nato, voltou a ter uma grande temporada em 2015, com 19 gols pelo CRB (AL), sendo artilheiro da Série B nacional. Já tinha conseguido o feito pelo Criciúma, em 2012.
Bruno Meneghel (28 anos): Destacou-se na China, onde atua desde 2012. Atacante de velocidade e fazedor de gols, brilhou por Resende e Bréscia no futebol carioca, além de destaques por Goiás e América (MG).
Cléo (30 anos): Deixou o Atlético (PR) no final do ano e passou em branco. Foram doze jogos e nenhum gol. Grande contraste com a temporada anterior, quando foi bem pelo Furacão, durante o Brasileiro.

Fonte: Futrio