A chegada a hora de arregaçar as mangas e dar uma nova cara ao Botafogo. Os jogadores se reapresentam na manhã de hoje, em General Severiano, e René Simões inicia o trabalho que tem como prioridade resgatar a confiança da torcida, decepcionada com uma temporada que tinha tudo para ser especial, mas acabou em catástrofe. Com um elenco quase todo novo, o técnico precisa encontrar um padrão de jogo competitivo para a disputa da Série B do Brasileiro.

René Simões vai comandar o Botafogo

Foto:  Divulgação

Da espinha dorsal da equipe de 2015, apenas Airton permanece. Outro volante, Marcelo Mattos, que só atuou nas últimas partidas do Brasileirão, também continua no clube. Jefferson não está garantido. A proposta para o pagamento da dívida feita pela diretoria não o agradou e, agora, ele aguarda a marcação de uma reunião para discutir a situação.

René terá que começar do zero. Oito atletas já acertaram com o Botafogo, mas apenas o zagueiro Alisson, ex-Paraná, e o atacante Bill, ex-Ceará, foram anunciados oficialmente. Ambos serão apresentados após a primeira atividade da temporada.

Para montar a nova estrutura do time, o treinador também contará com o retorno de jogadores que estavam emprestados, casos do lateral-direito Gilberto, do lateral-esquerdo Lima e dos atacantes Sassá e Henrique. Da base, três foram promovidos para compôr o elenco: o lateral Jean, o volante Fernandes e o atacante André.

Com tantas mudanças, inclusive a do técnico, fica impossível esboçar os 11 titulares para a primeira partida do Botafogo no Carioca, dia 31. A pré-temporada, em Várzea das Moças, em Niterói, será iniciada no domingo e René Simões irá utilizá-la para aplicar os conhecimentos que obteve nos cinco cursos que frequentou no último ano.

O treinador já deixou claro que intensidade será a palavra-chave de seu trabalho. Os quase 30 jogadores que formarão ao grupo iniciam 2015 com chances iguais e quem souber aproveitar melhor a primeira etapa de treinamentos largará na frente.

Começa o desafio Alvinegro. Sem a expectativa do ano passado, mas com a esperança que a nova diretoria e o novo time recoloquem o clube nos trilhos gloriosos.

Fonte: O Dia Online