Rafael Moura foi oferecido, e o Botafogo abriu negociações. Imediatamente a torcida foi para as redes sociais e mostrou toda sua frustração com a possibilidade do centroavante vestir a camisa do Alvinegro na temporada.

Um dos motivos é que ele havia recusado várias propostas do clube nos últimos anos. O jogador explicou que sua mãe passava por um problema de saúde e o objetivo dele era permanecer em Belo Horizonte na oportunidade. A insatisfação da torcida, no entanto, seguiu grande.

Rafael Moura não está descartado, mas ficou longe de ser uma prioridade do Botafogo. O clube também tem negociações com Maxwell, do Resende. O atual artilheiro do Campeonato Carioca, inclusive, está mais próximo de fechar com o Alvinegro do que o experiente centroavante.

O nome de Rafael Moura partiu de um dos integrantes da cúpula do futebol, mas não contou com o apoio de todos no clube. Mesmo assim, as negociações foram abertas. O problema é que a repercussão na internet não foi nada boa. Assim, o Alvinegro esfriou o interesse inicialmente.

Por outro lado, caso a cúpula do futebol chegue à conclusão mais para frente que valeria o investimento em Rafael Moura mesmo com as críticas da torcida a contratação poderá ser feita. O centroavante está sem clube desde que ficou sem contrato com o América-MG.

Ele tem recebido propostas, mas não considerou nenhuma boa até o momento. Rafael Moura ainda se vê em condições de jogar em clube de alta representatividade e vê o Botafogo com bons olhos. A parte salarial não seria um problema já que está dentro da realidade.

Fonte: UOL