O Botafogo de Futebol e Regatas e a ONU Mulheres Brasil fazem ação, neste sábado (11/5), pelo Dia das Mães durante partida do campeonato brasileiro. Serão destacadas as mulheres que criam filhas e filhos sozinhas em campanha para sensibilização da sociedade, especialmente de homens. A iniciativa apoia o movimento ElesPorElas HeForShe, que busca engajar homens e meninos para ações pela igualdade de gênero e defesa dos direitos de mulheres e meninas.

No clássico Botafogo x Fluminense, os jogadores da equipe alvinegra entrarão em campo com uma grande surpresa, para lembrar que 11,6 milhões de mães criam seus filhos e filhas sozinhas.

“É um chamamento público para que os homens assumam a sua responsabilidade como pais e cuidadores, fazendo defesa para o fim da ausência dos homens na sua condição de pais”, afirma Ana Carolina Querino, representante interina da ONU Mulheres Brasil.

O presidente do clube, Nelson Mufarrej, diz que o “Botafogo faz questão de usar a força da instituição para dar luz a essa importante causa. Essa ação é a forma que encontramos para homenagear as mães nesse dia especial. O futebol é dominado por exemplos de mães solitárias que lideram famílias com muito sacrifício. A nossa campanha vem para ajudar a romper as barreiras existentes”.

Fonte: Onu Mulheres