Com Dória, Bota terá dupla que levou 2 gols em 10 jogos

Compartilhe:

Dória tem apenas 18 anos de idade e já é um dos jogadores do Botafogo mais bem cotados no mercado, com a expectativa de chegada de uma proposta da Europa no valor de 10 milhões de euros (R$ 29 milhões) ainda nesta janela de transferências. No time, também tem um valor imenso e, dia 3 de julho, contra o Figueirense, em Volta Redonda, pela Copa do Brasil, terá a chance de vestir a camisa do time novamente depois de quase dois meses. Afinal ficou a serviço da seleção brasileira sub-20 por 30 dias.

Sua volta é ainda mais comemorada pela parceria que estabeleceu com Bolívar, de 32 anos. A dupla atuou 10 vezes como titular nesta temporada, sendo quatro clássicos e o desempenho foi animados: oito vitórias e dois empates, com apenas dois gols sofridos. Nos outros 18, o time levou 13, incluindo os cinco que sofreu nos cinco jogos disputados no Campeonato Brasileiro.

– A nossa parceria tem dado certo porque nós jogamos com o intuito de um ajudar o outro e não para aparecer mais que o companheiro. Eu me dou muito bem com o Bolívar também fora de campo e tenho a certeza de que a minha evolução como profissional tem muito a ajuda dele. Ele é experiente, sempre me orienta e não mede esforços para me ver bem. É um excelente companheiro dentro de campo e um grande amigo fora dele – disse Dória.

Além dos 10 jogos ao lado de Bolívar como titular, Dória ainda atuou desde o início ao lado de André Bahia na goleada de 4 a 0 sobre o Quissamã. Ele também entrou no segundo tempo do empate em 2 a 2 com o Boavista, quando o time já perdia por 2 a 0, e na goleada por 4 a 1 sobre  o Nova Iguaçu, quando vencia por 3 a 0.

Dória começou a temporada como reserva por ter passado o mês de janeiro a serviço da seleção brasileira sub-20 na péssima campanha no Sul-Americano da categoria, no qual o time não conseguiu a classificação para o Mundial. Bolívar só teve a chance de conhecê-lo em fevereiro, na sua reapresentação ao Botafogo, e teve a melhor impressão possível.

– Acho que essa é uma parceria muito bacana. Desde que começamos a jogar juntos, apesar da pouca idade, pude perceber uma personalidade muito forte nele. Isso se nota até mesmo nos treinamentos, pois sempre impõe muito respeito. É um cara que se comunica muito bem, escuta bastante e acredito que em alguns anos será o grande titular da seleção brasileira pela capacidade e qualidade que tem – afirmou Bolívar.

Consciente da dificuldade em segurar Dória, o Botafogo acertou a contratação do zagueiro Dankler, do Vitória, de 21 anos. O reforço só vai se apresentar depois do dia 14 de julho, quando termina seu vínculo com o clube baiano. Com a sua chegada, serão sete zagueiros à disposição do técnico Oswaldo de Oliveira.

Além do jogo contra o Figueirense em seu recomeço na temporada, o Botafogo volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro no dia 7 de julho, contra o Fluminense. O confronto ainda não tem local definido.

Confira os jogos em que Dória e Bolívar atuaram juntos:

Data                         Jogo                                              Competição             
24/1/2013 0 x 0 Bangu Carioca
3/3/2013 2 x 0 Flamengo Carioca
10/3/2013 1 x 0 Vasco Carioca
24/3/2013 2 x 1 Madureira Carioca
3/4/2013 3 x 0 Vasco Carioca
10/4/2013 3 x 1 Friburguense Carioca
17/4/2013 0 x 0 Sobradinho Copa do Brasil
24/4/2013 2 x 0 Sobradinho Copa do Brasil
27/4/2013 5 x 0 Resende Carioca
5/5/2013 1 x 0 Fluminense Carioca

 



Fonte: Globoesporte.com
Comentários