Depois de 2 empréstimos, Alex espera se firmar: ‘Com fome’

Compartilhe:

Alex tem apenas 22 anos e já passou por muitas experiências. Considerado uma promessa nas categorias de base do Botafogo, teve em jogadores mais consagrados obstáculos em seu caminho, como Loco Abreu e Herrera, por exemplo. Depois de empréstimos a Joinville-SC, em 2012, e Dibba, dos Emirados Árabes, este ano, voltou ao clube disposto a se firmar.

Na última semana, Alex venceu mais obstáculo em sua carreira ao ser submetido a uma cirurgia para corrigir uma arritmia. Já recuperado e treinando, não vê a hora de receber uma chance do técnico Oswaldo de Oliveira, agora com mais experiência e consciente da importância que esse ano pode ter em sua carreira.

– Passei um ano e meio praticamente fora do clube e isso faz diferença. O Botafogo agora tem um elenco melhor, mais estrutura e estou mais experiente depois dessas situações que vivi na minha carreira. Resolvido esse problema no coração, vou chegar com fome e vontade, respeitando meus companheiros, principalmente dentro da minha posição, mas vou procurar meu espaço para ajudar da melhor forma – disse Alex.

O atacante estava emprestado até o dia 30 de junho ao Dibba e sua volta foi encarada como um reforço para o grupo, que começa a sofrer com baixas, como já aconteceu com Jadson e Fellype Gabriel, além de Andrezinho, que negocia com o futebol chinês. Com contrato até o fim do ano que vem, Alex ficou satisfeito pela forma como foi recebido.

– Quero começar logo os treinamentos para poder mostrar meu futebol. Só tenho a agradecer aos torcedores pelas manifestações. Tive ainda mais confiança. Eles tratam com um carinho especial quem vem da base – comentou.

Nos Emirados Árabes, Alex não conseguiu evitar o rebaixamento do time, que terminou a competição em 13º lugar. No entanto, individualmente, acredita que teve um bom desempenho. Segundo ele, foram 12 gols em 29 jogos.

– Acho que para um atacante essa média nem é tão boa. Mas o meu time fez 30 gols e eu marquei 12. Assim, fica legal. Ainda adiei o rebaixamento precoce do time em dois jogos, mas na última rodada não tivemos mais chances – afirmou o jogador.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários