O começo da Copa América representa uma pausa na primeira metade na temporada dos clubes brasileiros. Como a competição será realizada em solos tupiniquins, as competições nacionais pararam. Durante este período, alguns clubes darão dias de descanso aos jogadores, que terão, posteriormente, uma espécie de nova pré-temporada. Este é o caso do Botafogo.

O clube de General Severiano teve o último compromisso de trabalho no jogo contra o Grêmio, na última quarta-feira, dia 12. A partir de quinta-feira, os jogadores entraram em um pequeno recesso. O retorno dos atletas vai ser dividido em duas datas: dia 19, próxima quarta-feira, e dia 24, segunda-feira seguinte.

A equipe de Eduardo Barroca volta a entrar em campo de forma oficial no dia 10 de julho, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético-MG, no Estádio Nilton Santos. Portanto, parte do grupo terá 21 dias de preparo até a partida e o outro selecionado terá 16.

Os grupos serão moldados a partir das atividades recentes dos jogadores no Campeonato Brasileiro. Jogadores com menor minutagem se apresentarão no dia 16, com o intuito de recuperar condicionamento físico e se aproximar das ideias de Eduardo Barroca, enquanto que titulares e reservas com frequentes entradas nos duelos retornam apenas na próxima data.

O objetivo de Eduardo Barroca, portanto, é trabalhar com jogadores que ainda não tiveram chances de participar ativamente das partidas oficiais do Alvinegro. Após conquistar o objetivo a curto prazo de conquistar resultados – o Botafogo possui 15 pontos no Campeonato Brasileiro -, o treinador busca, a partir de agora, melhorar a performance e estabilizar um estilo de jogo.

Esse período de recesso também será essencial para Victor Rangel. O atacante, contratado junto ao CRB mas ainda não anunciado oficialmente pelo clube, passará por um processo de evolução física para poder ser utilizado no retorno das atividades. O atleta de 29 anos, é verdade, participou dos últimos treinos do Alvinegro antes da parada para a Copa América e já está registado no BID.

Fonte: Terra