Botafogo e Palmeiras abrem a sexta rodada do Brasileirão 2019 neste sábado (24), com partida marcada para às 16h no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Além de ser a reedição da final do Campeonato Brasileiro de 1972, quando o Alviverde levou a melhor, também será o encontro entre a equipe que detém a maior invencibilidade em curso na primeira divisão com o clube que possui o recorde histórico do certame.

O time comandado por Luiz Felipe Scolari vem batendo seus próprios recordes desde o título brasileiro conquistado em 2018. Naquela caminhada, por exemplo, finalizou o torneio com 23 jogos de invencibilidade, superando os 22 compromissos sem derrotas da conquista de 1973. Já na atual temporada a equipe segue imbatível no Brasileirão e chegou a 28 partidas sem revezes, somando os jogos de 2018 aos até agora cinco de 2019, ultrapassando o número histórico da Academia bicampeã brasileira no início dos anos 70.

Se Felipão – que desde o seu retorno ao Palmeiras ainda não perdeu na Série A – tivesse chegado antes, ou se o Campeonato Brasileiro tivesse uma 39ª rodada em 2018, o Verdão ainda poderia bater uma marca que segue em poder do Botafogo. Em 1978, o Glorioso teve 24 jogos de invencibilidade até ser derrotado para o Grêmio na Terceira Fase daquele campeonato (a que antecedia às quartas de final). Ainda é, hoje, a maior invencibilidade considerando uma única temporada de primeira divisão.

Aquele Botafogo treinado por Zagallo, e com nomes como Paulo César Caju, também vinha de uma boa campanha no ano anterior, somando 11 vitórias e três empates. Mas naquela temporada o Atlético-MG conseguiu uma vitória a mais na Terceira Fase e, nos critérios de desempate, eliminou os cariocas – avançando até perder para o São Paulo na grande decisão. Seguindo o triste mantra das “coisas que só acontecem ao Botafogo”, o clube de General Severiano não conquistou nem o título de 77 nem de 78. Mas o prêmio de consolação foi ter alcançado dois feitos históricos: a maior campanha invicta em uma única edição e a de todos os tempos… até hoje.

Porque, com 28 jogos invictos, se o Palmeiras seguir sem perder daqui até o final do primeiro turno conseguirá igualar os 42 jogos de invencibilidade daquele Botafogo dos anos 1977 e 1978. Se o Alvinegro não entra, por causa de suas mazelas financeiras, em um Campeonato Brasileiro para disputar o título, se bater a equipe treinada por Luiz Felipe Scolari ao menos terminará esta temporada 2019 ciente que o seu recorde histórico não será quebrado por outra equipe.

Fonte: Goal.com