Dória: títulos na Seleção serviram para ‘apagar’ Sul-Americano

Compartilhe:

Na opinião de Dória, as conquistas recentes dele com a Seleção Brasileira sub-20 (Torneio de Toulon e a Valais Cup, na Suíça), serviram para apagar as más impressões deixadas na disputa do Sul-Americano da categoria, disputado em janeiro, na Argentina, quando não conseguiram a classificação para o Mundial. De acordo com o zagueiro, que nesta terça-feira reapresentou-se ao Botafogo após as disputas na Europa, estes torneios lhe serviram como aprendizado.

– Foi importante demais (os títulos). Apagar a imagem ruim foi essencial. Nem sempre se vence no futebol. Conseguimos dois títulos e fico feliz com os prêmios individuais também. Agora é dar sequência – disse Dória, que entrou na seleção dos melhores em Toulon, além de ter levado o prêmio de melhor jogador da competição disputada na Suiça.

As boas exibições na Europa fizeram aumentar as propostas de times europeus sobre o zagueiro. No entanto, por enquanto ele segue no Botafogo. Nesta quarta-feira, de manhã e à tarde, Dória treina com o elenco do Botafogo em General Severiano. Se até a volta dos jogos no Brasileirão nenhuma negociação se concretizar, o jogador afirma que está pronto para voltar a vestir a camisa alvinegra.

– É uma questão que depende do Oswaldo (técnico do Botafogo). Tenho que mostrar que estou pronto para jogar e ajudar o Botafogo – afirmou.

Após a parada nas competições nacionais para a disputa da Copa das Confederações, o Botafogo volta a jogar contra o Figueirense, dia 3 de julho, pela Copa do Brasil. O mando de campo é do Botafogo, mas o local da partida ainda não está definido. Pelo Brasileirão, o time enfrenta o Fluminense, dia 7, também sem local definido.

Fonte: Lancenet!

Comentários