O Botafogo terá mais uma oportunidade de conquistar o título da Série B de forma antecipada contra o ABC, na sexta-feira, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Ao contrário do que aconteceu na última rodada, quando enfrentou o Santa Cruz, que está no G-4, o próximo adversário está matematicamente rebaixado.

O Alvinegro tem um bom retrospecto contra os três clubes (Mogi Mirim, Boa Esporte e ABC) que já caíram e os quatro (Ceará, Macaé, Atlético-GO e Oeste) que ainda lutam para se manter na Série B: em 13 jogos até agora, são sete vitórias, quatro empates e duas derrotas.

— Na Série B não tem jogo fácil. Cada jogo tem sua dificuldade, e sexta não vai ser diferente, independentemente da situação de cada time — disse o zagueiro Renan Fonseca.

As duas derrotas foram para Macaé (4 a 2), fora — quando a equipe do Norte Fluminense ainda estava na parte de cima da tabela —, e Ceará (1 a 0), no Estádio Nílton Santos. Contra o ABC, o Botafogo venceu por 3 a 1.

— Temos de pensar em nós. Precisamos ganhar o jogo para sermos campeões. Nós perdemos no sábado, o América-MG também… Temos que pensar em ganhar. Temos que pensar no nosso futebol e melhorá-lo, para podermos ganhar a partida — contou o lateral-direito Luis Ricardo.

A novidade no treino de terça-feira, no campo anexo do Nílton Santos, foi a presença do meia Daniel Carvalho, recuperado de uma lesão na virilha. O jogador, que não enfrentou o Santa Cruz, participou normalmente do coletivo comandado pelo técnico Ricardo Gomes. Além dele, Renan Fonseca e o goleiro Jefferson também estão garantidos na sexta-feira.

— O Daniel Carvalho e o Renan Fonseca são jogadores importantes no nosso grupo. Há outros também, mas eles estão com mais ritmo de jogo. Contra o Luverdense, o Daniel foi o cara que deu o passe para o gol. Ele tem essa facilidade — avaliou Luis Ricardo. — O Jefferson estará de volta também. Vamos com força total.

Fonte: Extra Online