Os jogadores do Botafogo não vão conceder entrevistas coletivas nesta semana. A medida foi uma iniciativa do próprio elenco, como uma forma de protesto contra os atrasos de salários – dois meses estão em débito – e premiações.

Além das entrevistas, os jogadores do Botafogo também cancelaram participações nas ações de marketing do clube. Nessa semana haveria um treino aberto para torcedores e uma sessão de fotos com Carli e Gabriel, no Nilton Santos.

Esta não é a primeira vez que os atletas alvinegros demonstram, publicamente, insatisfação com a situação financeira. Em abril, o elenco não se concentrou para a partida decisiva contra o Juventude, pela terceira fase da Copa do Brasil.

O Botafogo atravessa uma crise financeira que teve reflexos, inclusive, na sede de General Severiano, que teve a energia cortada hoje (3).

Fonte: UOL