Distintas reações marcaram Alex Dias e Dodô no reencontro com o agora Estádio Nilton Santos. Alex logo puxou o celular para compartilhar com os mais próximos nas redes sociais. Dodô, por sua vez, foi mais intimista: deu um giro de 360º em busca de cada novo detalhe. Encantados, o autor do primeiro gol e o goleador da vitória inaugural, respectivamente, se reencontraram para celebrar os 10 anos do ‘Niltão’, completados nesta sexta-feira (30/6).

– Nossa! Como ficou legal em preto e branco, nas cores do Botafogo. Muito bonito mesmo – destacou Dodô.

As lembranças do Clássico Vovô, entre Botafogo e Fluminense, no dia 30 de junho de 2007, que marcou a inauguração do estádio, logo surgiram.

– O meu gol, o primeiro do Estádio, foi naquela baliza ali, ó – disse Alex Dias, orgulhoso de seu feito, apontando para as traves mais próximas ao Setor Norte.

– Os meus também foram. Fiz no segundo tempo e o Alex no primeiro – completou Dodô.


Dodô, de cabeça, venceu Fernando Henrique e fez o gol da vitória

Não foi uma partida qualquer. O Estádio Olímpico recebeu lotação máxima – o recorde de público – e iniciou-se uma relação de amor irreversível com a torcida alvinegra.

– Faz 10 anos que estreamos o estádio e lembro que a semana que antecedeu a partida foi de enorme importância para o Botafogo, ainda mais depois da vitória. Tive a felicidade de fazer dois gols que vão ficar para a história – concluiu Dodô.


Estádio recebeu 43.810 torcedores na estreia: recorde até hoje

Agora que enche as duas mãos para informar a sua idade, o Estádio Nilton Santos vive a melhor fase da sua existência: consagrado após o espetáculo da Olimpíada Rio 2016, de roupa nova e mais que amado pela torcida alvinegra, a melhor das suas platéias.

Fonte: Site do Estádio Nilton Santos