Empresário do atacante Álvaro Navarro, Gerardo Cano também é o representante do volante uruguaio Gonzalo Bazallo, que ainda não entrou em campo com a camisa do Botafogo. O jogador foi relacionado poucas vezes para o banco de reservas até aqui.

– É muito estranho. O Bazallo merecia ao menos uma oportunidade para ser avaliado pela diretoria, pela comissão técnica e pela imprensa. Jogador uruguaio demonstra suas qualidades dentro de campo, nos jogos. Um jogador não pode ser avaliado apenas pelos treinos. O Bazallo está treinando há quase seis meses, mas não teve uma chance. Ninguém acreditava no Navarro também, mas ele provou em campo. Se fosse pela diretoria, o Navarro não estaria no Botafogo. Quem acreditou nele foi o presidente – revelou Cano ao Globoesporte.com.

Fonte: Globoesporte.com