Apesar de avançar na Copa do Brasil e na Sul-Americana, o Botafogo teve um Campeonato Carioca muito ruim. Eliminado do segundo turno e, consequentemente, do Estadual, o Alvinegro terá mais tempo de preparação até a estreia no Brasileirão, no dia 28 de abril, e fará apenas dois jogos contra o Juventude no período. Em entrevista coletiva, Erik explicou o que não deu certo para o time de Zé Ricardo nesse início de 2019.

– É uma pergunta que todos nós nos fizemos, porque tentamos, demos o nosso melhor. Tivemos uma sequência complicada com mata-mata, tivemos desgaste físico, mas isso não é desculpa. Agora, temos que focar no próximo objetivo. Nas copas, fizemos nove gols, não tomamos nenhum. Esse tempo de trabalho que teremos agora vai ser bom – avaliou.

– A cobrança foi gigantesca. O que fica de lição é que demoramos a encaixar, não encontramos nosso jogo. Somos profissionais, não somos mais meninos, temos que assumir a responsabilidade. Agora é bola pra frente – completou.

O Botafogo só voltará a entrar em campo na quinta-feira, dia 4 de abril, contra o Juventude, no jogo de ida da Copa do Brasil. A partida será no Estádio Nilton Santos, às 21h30. A volta será no dia 11.

– Temos um tempo importantíssimo na minha visão, teremos oportunidade no dia a dia de melhorar. E vai ser importante também a ajuda do nosso torcedor. Desde que vesti essa camisa, ele foi muito importante nos jogos, e vai ser também contra o Juventude – analisou.
Veja outras declarações da partida:

Botafogo não se classificou em 2014 e foi rebaixado no Brasileiro

Temos um grupo bastante qualificado. Em 2014 aconteceu isso, mas agora são jogadores diferentes, em busca de grandes objetivos. Ano passado cheguei em um momento delicado, o clube foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil. Para o Botafogo é importante estar em busca de grandes campeonatos, como a Copa do Brasil, a Sul-Americana e o Brasileiro. O que passou, passou. Seguimos em frente.

Conversa sobre eliminação

Quando ganhamos do Defensa (Sul-Americana), tivemos uma conversa. Quando tivemos resultados adversos, também. Somos um grupo. Na vitória ou na derrota, sempre estaremos unidos em busca do que for melhor para o Botafogo.

Torcida para o Bangu

Nosso foco principal é no dia a dia de trabalho, a cobrança é grande. Nosso foco principal é na Copa do Brasil.

Erros que não podem se repetir no Brasileiro

Estou indo para o meu sétimo Campeonato Brasileiro. Já fui campeão, ano passado comecei lutando para não cair e depois estávamos em cima. Hoje, nos preparamos pelo melhor, para estar brigando lá em cima.

Fonte: Terra