‘Especial’, Vitinho segue dicas de Jair Ventura para se firmar

Compartilhe:

Quando Vitinho foi promovido aos profissionais do Botafogo, em janeiro de 2012, criou-se uma grande expectativa sobre o meia-atacante, que chegara ao clube oriundo da base do Audax-RJ. Entretanto, uma lesão no pé logo nos primeiros meses e pouco espaço na equipe do técnico Oswaldo de Oliveira desmotivaram o jogador, então com 18 anos, que logo voltou aos juniores. Lá, reencontrou o auxiliar técnico Jair Ventura – treinador do time sub-20 do Botafogo na época)-, que foi essencial para a transformação do jovem que hoje alegra a torcida com seus dribles e gols, além de despertar o interesse de clubes estrangeiros.

– O Vitinho é um jogador especial. Estava desmotivado, talvez pelo fato de ter chegado ao profissional e ter esperado uma chance a mais que não veio. Disse a ele que poderia lhe proporcionar uma nova chance com o Oswaldo e até chegar à Seleção – disse Jair Ventura ao LANCE!Net.

Segundo o profissional, em uma conversa mais séria com Vitinho, ele lhe explicou a importância de se tornar um jogador mais participativo taticamente, não ficando apensa dependendo dos momentos de brilho de seus dribles:

– Mostrei para ele vídeos de atacantes tops do futebol mundial. Disse para ele: Se Cristiano Ronaldo, Messi, Neymar perdem a bola e voltam para recompor o time, por que o Vitinho não pode fazer o mesmo?

A confiança entre o auxiliar e o atleta é refletida no desempenho de Vitinho na temporada. O atleta teve boas atuações, fez gols e acabou chamado para a Seleção Brasileira sub-20 para um período de treinos. Para coroar a volta por cima, em 2013, novamente nos profissionais, Vitinho ganhou mais uma chance e não decepcionou. Até agora já marcou sete gols, se tornando a primeira opção ofensiva do treinador.

– Temos poucos jogadores no Brasil com as características dele. Acredito que será o jogador mais bem vendido do Botafogo – aposta Jair Ventura.

Fonte: Lancenet!

Comentários