Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Ex-Botafogo, Dória leva baile do ataque do Monaco e ganha nota 1 de jornal: ‘Catastrófico’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Doria deixou Lopes cruzar no 4º gol
Doria deixou Lopes cruzar no 4º gol do Monaco sobre o Olympique de Marselha (Foto: Valery Hache/AFP/Getty Images)

O zagueiro Doria, ex-Botafogo e São Paulo, teve uma tarde para esquecer no último domingo. Em uma atuação terrível, ele levou um verdadeiro baile do ataque do Monaco e acabou apontado pela imprensa francesa como um dos grandes responsáveis pela vexaminosa goleada por 6 a 1 sofrida pelo Olympique de Marselha, pela 4ª rodada do Campeonato Francês.

O jornal L’Équipe, mais importante veículo esportivo do país europeu, criticou fortemente o brasileiro e lhe deu nota 1 pela atuação, mesma nota do também zagueiro Sertic, outro que teve atuação deplorável em campo – vale lembrar que 1 é a menor nota possível, já que o jornal não dá 0.

“Doria e Sertic simbolizaram o naufrágio marselhês”, sintetizou o periódico, em sua matéria com as notas do jogo.

O L’Équipe culpou o brasileiro diretamente pelo primeiro gol do Monaco (não acompanhou Glik na cabeçada) e também pelo quarto (permitiu que Ronny Lopes cruzasse para Diakhaby completar para o gol).

“Sua atuação foi catastrófica”, resumiu o diário.

Os torcedores do time de Marselha também se mostraram bastante insatisfeitos com a atuação do camisa 3.

Em votação online organizada pelo jornal após o jogo, o ex-atleta das seleções brasileiras de base foi eleito o 2º pior em campo, com 15% dos votos, atrás somente do goleiro Mandanda.

Na atual temporada, Doria disputou quatro partidas pelo Olympique: duas pela Ligue 1 e duas pela Liga Europa.

O time comandado por Rudi Garcia está em 6º lugar da tabela, com 7 pontos, e, com os seis gols sofridos no último domingo, agora tem saldo -1.

Notícias relacionadas
Comentários