Com o fim da temporada chegando, o Botafogo já busca ajustar o elenco para a próxima temporada. Com quatro jogadores em fim de contrato e sete com empréstimos até o fim do ano, o clube já avalia quem fica e quem sai para 2019. Alguns deles têm grandes chances de ficar no Glorioso, como Joel Carli, Brenner e Jean. Porém, jogadores como Gilson, Moisés, Dudu Cearense e Luis Ricardo podem não permanecer no Botafogo.

Homem de confiança de Jair pode sair do clube

Contratado em 2017, o lateral esquerdo Gilson veio para o Botafogo após boa temporada pelo América-MG. Mesmo sendo reserva de Victor Luis, hoje no Palmeiras, o defensor era o homem de confiança do técnico Jair Ventura. Muitas vezes, Gilson até atuava pela ponta, por conta da força ofensiva. Porém, o jogador não é um dos favoritos da torcida. Além disso, os 32 anos do lateral pesam em uma possível renovação. Gilson tem 69 jogos pelo Botafogo, três gols e cinco assistências.

Lateral será aproveitado pelo Corinthians

Diferentemente de Gilson, Moisés não pertence ao Botafogo. Emprestado pelo Corinthians, o jogador teve um bom início pelo Glorioso. Porém, a queda técnica, nas últimas rodadas, fez com que o lateral esquerdo fosse barrado pelo experiente lateral esquerdo. Apesar disso, o defensor é visto pela torcida como a melhor opção para a função. Com 34 jogos na temporada, Moisés deve ser aproveitado pelo Timão na próxima temporada.

Volante está perto de aposentadoria

Com apenas seis jogos e só um deles como titular, o volante Dudu Cearense é outro que pode deixar o Botafogo. O jogador de 35 anos renovou o contrato com o clube, no início deste ano. Porém, o acerto com o Glorioso vai até dezembro. Com a idade avançada e os poucos minutos jogados nas últimas temporadas, é possível que Dudu Cearense se aposente no fim de 2018.

Falta de sequência complica permanência

Em situação parecida com Dudu Cearense, Luis Ricardo também pode deixar o Botafogo. No Alvinegro, desde 2015, o lateral de 34 anos perdeu espaço no elenco alvinegro. Por conta das constantes lesões e de atuação não tão convincentes, Luis Ricardo virou a terceira opção na posição, atrás de Marcinho e Marcelo Benevenuto. Mas, ao contrário do volante, o defensor deve continuar em atividade no futebol.

Fonte: Esporte 24 Horas