Gabriel destaca ajuda de Fellype Gabriel e lamenta saída

Compartilhe:

No retorno aos treinamentos depois de um período de folga, a ausência de Fellype Gabriel foi a maior novidade no elenco do Botafogo. Primeira perda do clube no Campeonato Brasileiro, o meia, que fez um bom primeiro semestre, foi negociado com o Sharjah, dos Emirados Árabes. Após o segundo dia de trabalho sem o companheiro, o volante Gabriel falou sobre a versatilidade de Fellype e pontuou em que o time perde sem ele.

– Ele ajudava bastante na parte da marcação e também na bola aérea. Com certeza a gente vai perder um pouco com isso. Era um jogador muito utilizado, que estava numa ótima fase, e, por isso, recebeu proposta para sair. Ajudava a fazer gol e quando a gente olhava para trás ele já estava lá para tirar a bola.

O momento, no entanto, não é de lamentações. Gabriel confia no empenho dos jogadores e na capacidade do treinador Oswaldo de Oliveira para o elenco não sentir tanto a perda do antigo camisa 11.

– O Oswaldo vai achar uma peça para fazer a mesma função. Perdemos o Fellype mas ganhamos outros jogadores, que vieram da base. A vaga dele está em aberto, o Oswaldo deixou isso bem claro. Nos treinamentos temos que entrar mostrando muito empenho, muita garra, e assim o Botafogo vai crescer. O Fellype vai fazer muita falta, principalmente no início, mas com os treinamentos a gente vai suprir a ausência – apostou o volante.

 

Gabriel apontou as virtudes do companheiro de

Gabriel preferiu se esquivar das perguntas sobre quem seria o ideal substituto no meio-campo botafoguense. Sem fazer escolhas, porém, falou dos pontos fortes dos três principais candidatos à vaga: Renato, Andrezinho e Vitinho.

– Cada um tem sua característica principal. O Vitinho mais agudo para o gol, o Andrezinho, que tem mais qualidade e sabe cadenciar e o Renato, mais na marcação e no passe. Todos têm qualidades. Eu não vou nem falar da minha preferência porque não tenho. Nem no par ou ímpar a gente escolhe. No Botafogo todos são jogadores de qualidade e quem entrar está de bom tamanho.

O jogo-treino contra o Audax Rio, marcado para esta sábado, em Moça Bonita, às 10h (de Brasília), pode ser a prévia da escolha do técnico Oswaldo de Oliveira sobre o substituto de Fellype Gabriel no time titular. O Botafogo retorna ao Campeonato Brasileiro no dia 7 de julho, em clássico contra o Fluminense, ainda sem local definido.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários