Gabriel diz estar em contagem regressiva para voltar a jogar

Compartilhe:

Durante quase todo o primeiro semestre, o Botafogo passou por uma maratona de jogos, muitos deles a cada três dias, com pouco tempo para treinamentos. No período da Copa das Confederações, a situação se inverte. Sem atuar desde 8 de junho (vitória por 2 a 0 sobre a Ponte Preta), o time só volta a atuar no dia 3 de julho, contra o Figueirense, pela Copa do Brasil.

A pausa serve para treinamentos e para aprimorar as partes física e tática, como declarou o volante Gabriel, em entrevista coletiva nesta terça-feira no CT João Saldanha. O jogador já está com saudade de entrar em campo.

“Ficar sem jogar é um pouco diferente da nossa rotina, que é forte de jogos. Perde-se um pouco o ritmo. Tem sido um pouco chato, é melhor a rotina de jogos. Estamos na contagem regressiva”, destacou o volante.

A falta de ritmo, acredita Gabriel, pode surtir efeito no primeiro jogo após a paralisação. Entretanto, ele confia em uma boa atuação do Botafogo diante do Figueirense, em partida confirmada para o Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

“Temos que tentar levar pelo lado positivo. Já estamos ambientados no Raulino, vejo com tranquilidade, o Botafogo gosta de jogar lá, embora preferisse ficar aqui no Rio. Tenho certeza que vamos fazer um grande jogo”, finaliza.

Fonte: Site oficial do Botafogo

Comentários