A Globo reduziu o número de jogos de Estaduais na TV Aberta no ano de 2019, retirando os jogos das competições do meio de semana até março. Às federações, a emissora tem dito que o objetivo é aumentar a venda de pacotes de pay-per-view que cai bastante durante os meses dos regionais. A decisão ocorre em período em que a emissora questiona a relevância das competições regionais.

Foi em dezembro que a Globo anunciou que iniciaria suas transmissões de quarta-feira só em fevereiro quando estrearia o novo horário de 21h30. Mas algumas federações foram pegas de surpresa com a informação de que jogos iniciais não estariam na TV Aberta. Houve mudanças em tabelas já pre-acertadas.

Aos dirigentes, a emissora explicou que o objetivo era aumentar o pay-per-view. Então, partidas do Paulista e do Carioca foram realocadas para mais cedo, sem necessidade de estarem no horário da TV Aberta. Sobra mais tempo para o Big Brother que costumava ficar espremido nas quartas-feiras.

Questionada pelos blog, a Globo respondeu que combina com federações as tabelas, horários para atender as diferentes plataformas, Globo, SporTV e PPV. ”É importante haver um equilíbrio entre as diversas janelas, de modo que todas atendam seu mercado e público, permitindo inclusive maiores receitas aos clubes”.

Uma maior arrecadação do pay-per-view tem participação dos clubes. Os times ficam com cerca e um terço do total arrecadado. No Brasileiro, a Globo já tinha reduzido os jogos de Flamengo e Corinthians na TV Aberta para turbinar o pacote de jogos pagos.

Além disso, apenas jogos das fases finais dos Estaduais costumam ter boa audiência. Nas fases iniciais, com confrontos que envolvem times pequenos, essa atratividade cai bastante.

Não por acaso a Globo tem questionado o formato do calendário atual por conta do excesso de partidas de menor apelo. Para a emissora, o ideal seria o Brasileiro ser estendido por mais tempo para poder atrair o público em massa durante a maior parte da temporada. Libertadores e Copa do Brasil também são atrativas tanto que ocuparão todas as quarta-feiras de fevereiro.

A emissora ressaltou que ”há sim previsão de transmissão de jogos dos Campeonatos Estaduais às quartas-feiras”. Isso poderia acontecer em março ou abril quando os campeonatos estão em fases mais avançadas. A própria construção do calendário, por exemplo, só previu quatro jogos de Estaduais no meio de semana contra seis em 2018.

Fonte: Blog do Rodrigo Mattos - UOL