Na virada do Fluminense sobre o Botafogo por 3 a 2, um lance chamou a atenção. Foi entre o atacante Guilherme, do Botafogo, e o zagueiro Renato Chaves, do Fluminense. O atleta do Alvinegro pediu pênalti em um lance no fim da partida. Após o apito final, o zagueiro o reprimiu duramente.

Em entrevista coletiva, Guilherme deu pouca importância para o caso e pareceu provocar Renato Chaves:

– O zagueiro deles, cujo nome eu nem me lembro, foi falar besteira na hora do penalti, me desrespeitou. Mas eu conversei com companheiros dele, e me falaram que ele era estressado mesmo – afirmou.

No lance, o árbitro marcou simulação e deu cartão amarelo ao jogador do Botafogo, que depois demonstrou sua insatisfação:

– Na hora do movimento, ele deixou a perna e me derrubou. Foi toque, me derrubou. Era pênalti.

Fonte: Extra Online