Trocar ovos de chocolate é uma doce tradição da Páscoa, mas – veja a contradição – levar um chocolate é motivo de gosto amargo no futebol, não importa o dia. Hoje, Vasco e Botafogo entrarão em campo, às 16h, na decisão da Taça Rio, em busca de uma vitória, no primeiro momento. Se puderem aplicar um chocolate no rival, em dia de final, melhor ainda.

A última goleada no clássico é de 2011. O Botafogo venceu o Vasco por 4 a 0 no Campeonato Brasileiro daquele ano. O zagueiro Antônio Carlos estava em campo pelo Alvinegro e marcou um gol, inclusive. Para ele, o que ficou de bom daquela vitória foi o gostinho de ver o time da Colina cair de quatro.

– Quando você ganha um clássico por 4 a 0, tem que ficar uma lembrança boa – destacou o jogador: – O Rômulo (hoje no Flamengo) é quem estava me marcando no lance em que fiz o gol de cabeça. Pela rivalidade, é sempre bom golear.

No ano anterior, quem levou a melhor foi o Vasco do ex-zagueiro Fernando. Pelo Estadual, o Cruz-maltino aplicou goleada de 6 a 0 no Alvinegro. Hoje astro da seleção brasileira, Philippe Coutinho marcou duas vezes.

– Nosso time estava muito bem, Dodô fez três gols, começou o ano fazendo gol para caramba – lembrou Fernando: – Foi a maior goleada da minha carreira.

Para a final de hoje, os dois concordam que o Botafogo carrega ligeiro favoritismo, o que se perde um pouco com a decisão de Jair Ventura de poupar alguns titulares. Como do outro lado, o Vasco de Milton Mendes tem sido bem econômico no ataque, a probabilidade de uma goleada é pequena, acredita Fernando:

– Acho difícil ter goleada, mas é um clássico, é difícil fazer qualquer previsão.

Fonte: Extra Online