Ídolo da torcida do Botafogo, o atacante Túlio Maravilha foi escolhido como enredo da Botafogo Samba Clube, escola que estreia no carnaval deste ano, em substituição à Tupy de Braz de Pina, na Série D da folia carioca, equivalente à quinta divisão. Mas o jogador de 49 anos, que atuou no fim de 2018 pelo Taboão da Serra-SP, não estará presente no desfile da agremiação do Engenho de Dentro, que acontece na Estrada Intendente Magalhães, no Campinho, na Zona Norte do Rio.

A agremiação foi fundada por torcedores do Botafogo e tem a estrela solitária como símbolo. Túlio explica que ficou emocionado com a escolha e que não tentou direcionar o trabalho do carnavalesco Tom Santos, que teve liberdade para desenvolver o enredo “Túlio, o Glorioso”.

— Eu fiquei muito feliz com a homenagem e não pedi nada. Deixei a equipe de criação livre. É muita alegria, principalmente, por receber uma homenagens dessas em vida. Infelizmente eu não poderei estar presente, porque tenho um compromisso marcado já de longa data. Mas estarei torcendo e vou acompanhar pela internet. E ficarei muito ansioso na apuração também, como em uma cobrança de pênaltis — afirma.

O carnaval é uma festa colorida, mas Túlio entende que o preto e o branco do Botafogo, combinação inédita para uma escola de samba do carnaval carioca, podem dar samba, como acontece no Cordão da Bola Preta, o maior bloco carnavalesco do país.

—É uma combinação bonita e elegante, tenho certeza que vai dar certo. Até porque é uma iniciativa com a cara do Botafogo — explica Túlio, que já desfilou em diversas escolas cariocas.

Tom Santos explica sua proposta, que espera convencer os jurados e fazer a caçulinha do carnaval carioca ascender à Série C:

— Não será um desfile biográfico. Por ser um desfile pequeno, abordaremos os melhores momentos da vida do Túlio no futebol. Começamos no surgimento dele no futebol goiano, passando pelos anos de sucesso no Botafogo e a convocação para a seleção brasileira, além do icônico gol de mão, que estará representado no desfile por um tripé — revela.

A Botafogo Samba Clube será a 11ª escola a se apresentar, já na madrugada da segunda-feira de carnaval. Em seu grupo, a escola poderá fazer seu desfile entre 30 e 40 minutos e deve levar para a Intendente Magalhães 600 componentes, distribuídos em 19 alas. A escola se apresentará com um carro alegórico e um tripé, os limites estabelecidos pela organização do grupo.

Fonte: Extra Online