Na véspera da partida contra Atlético Nacional, de Medellín, pela Libertadores, o treinador do Botafogo, Jair Ventura, decidiu dar fim a qualquer rumor sobre o desentendimento dele com Camilo, antes do clássico contra o Fluminense, no último domingo. O técnico fez elogios ao apoiador e afirmou que houve uma supervalorização do que aconteceu.

“A conversa foi normal. Se precipitaram. O Camilo é o meu camisa 10. Falaram que ele ia ser barrado, nada disso aconteceu”, disse o técnico.

Antes do duelo contra o Tricolor, Camilo discutiu com o técnico e deixou o treino do Botafogo mais cedo. Para a partida contra o Atlético Nacional, Jair não entregou a escalação da equipe, mas afirmou que o elenco alvinegro está preparado.

“É mais  uma grande equipe como as outras. O importante é a gente conseguir um bom resultado, uma vitória. Nosso grupo é muito complicado. Independe de quem jogar esse ano nós tivemos duas competições importantes de demos uma rodagem para os atletas”, afirmou.

Fonte: O Dia Online