Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jefferson revela metas para 2016: títulos com o Botafogo e titularidade na Seleção

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Principal jogador do elenco do Botafogo, Jefferson concedeu hoje, em Domingos Martins, sua primeira coletiva em 2016 e, logo de cara, fez elogios ao elenco alvinegro para a temporada que está prestes a se iniciar. Apesar das poucas atividades no Espírito Santo, o arqueiro alertou para a forma que o time tem ganhado.

“A gente vê que o time e o plantel está bem mais forte no físico, no coletivo. A primeira atividade que fizemos foi em um campo reduzido. Hoje, foi num campo mais aberto. Já estamos com cara de time. Estamos crescendo bastante e vamos chegar no final da pré-temporada preparado para o início do campeonato”, afirmou o goleiro, que também avaliou a chegada das novas contratações.

“Nós fizemos poucos treinos com ele. Foi mais físico. Não deu pra avaliar muita coisa. Mas são jogadores que agregarão bastante no Botafogo. A diretoria está bem atenta ao mercado. Tomara que o Lizio, por exemplo, seja liso mesmo dentro de campo e dificulte os zagueiros adversários”, disse, rindo após o trocadilho com o nome de Damián Lizio.

Jefferson revelou sua meta para o ano: voltar a ser titular da Seleção Brasileira. O jogador, que foi barrado por Dunga após ter supostamente falhado no jogo contra a Venezuela, perdeu o lugar para Alisson, mas ainda espera retornar à meta do Brasil. Jefferson também falou em título grande com o uniforme do Fogão.

Após 10 dias dando atenção à torcida, seja em General Severiano ou em Domingos Martins, nesta quarta-feira foi a vez de Jefferson atender a imprensa. Principal jogador do elenco do Botafogo, ele concedeu sua primeira entrevista coletiva em 2016 e revelou suas metas no ano novo: voltar a ser titular do Brasil, conquistar títulos pelo Alvinegro e classificar o clube para a Libertadores da América. Na seleção brasileira, o goleiro foi barrado por Dunga em outubro, quando perdeu a vaga para Alisson diante da Venezuela, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. E na principal competição de times do continente, sua última participação foi em 2014, quando a equipe não passou da fase de grupos.

“Esse ano minha meta é voltar a ser titular da Seleção Brasileira. Acho que todo jogador pensa nisso: poder ter uma sequência na Seleção. Aqui no Botafogo, quero ganhar títulos. Voltamos da Série B pra Série A e temos que montar um plantel muito forte para buscar uma Libertadores ou algo muito grande para deixar os torcedores felizes”, comentou.

O Botafogo volta a treinar em tempo integral nesta quinta-feira no Hotel Fazendo China Park, às 9h e às 17h. O Alvinegro ficará concentrado no local até dia 22 de janeiro e tem amistoso marcado para o dia 23 contra a Desportiva Ferroviária, em Cariacica, também no Espírito Santo. A estreia do clube no Campeonato Carioca será no dia 30, contra o Bangu em Moça Bonita.

Notícias relacionadas
Comentários