João Paulo é um jogador totalmente identificado com a torcida do Botafogo. O camisa 8 vivia a melhor fase da carreira até sofrer uma dura entrada de Rildo, no clássico com o Vasco, e quebrar a perna direita em 2018. Após oito meses afastado, o meia voltou a campo, de fato, na atual temporada. Mas há um problema. O futebol está longe de ser o mesmo de antes da contusão.

A queda de produção em relação aos anos anteriores é evidente. Prova disso é que ele é o segundo jogador que mais errou passe neste Campeonato Brasileiro: 32. Acima dele somente Robinho, do Cruzeiro, errou 42.

Apesar disso, o Botafogo trabalha com muita paciência com a situação. João Paulo é considerado um dos pilares do time e há a confiança de que ele terá condições físicas de recuperar o desempenho de outrora.

Sob o comando de Jair Ventura, João Paulo se tornou um dos principais jogadores do elenco. A forma de jogar era totalmente diferente do que o técnico Eduardo Barroca implantou hoje em dia no Botafogo.

Com a posse de bola maior, o meio-campista tem errado mais passe, a principal reclamação da torcida. Além disso, o condicionamento físico não parece o mesmo após o tempo parado para se curar da fratura na perna. O Botafogo espera que a resposta venha o quanto antes.

Fonte: UOL