Contratado por R$ 3 milhões, João Paulo assinou com o Botafogo por três temporadas. O meia – destaque do Santa Cruz nos últimos dois anos – admitiu o desejo de jogar uma competição como a Libertadores e projetou uma disputa sadia por posição no meio-campo. Para a criação, o Alvinegro conta com Camilo e agora com o argentino Montillo, reforço de peso para a competição.

– A concorrência é natural. Em qualquer clube existe. Ainda mais em um meio-campo com jogadores de nome e qualidade tão boa quanto Camilo e Montillo. Eu jogo de volante e meia, e isso vai depender do que o Jair achar melhor. Mas isso vai com o que eu mostrar no dia-a-dia e nos treinamentos – disse o meia, que pode também cumprir a função de volante, à Rádio Brasil.

Em relação as características do seu jogo, o meia admitiu ser mais cadenciador, distribuindo a bola e atuando pela faixa central do meio-campo da equipe.

– Um desafio muito grande estar disputando essa competição (Libertadores) em 2017. Pode estar vestindo essa camisa é muita satisfação. É poder contribuir e ajudar bastante esse ano. Sou um meia que não atua muito pelas beiradas, mas sim por dentro. Ás vezes, como um meia de ligação. Ou como um volante mesmo, segundo e terceiro homem do meio – completa o meia.

Fonte: Terra e Rádio Brasil