Por conta de um problema com o fornecimento de energia, o jogo do Vasco contra a Cabofriense que seria realizado na noite desta quinta-feira, em São Januário, pelo Campeonato Carioca, foi adiado para esta sexta, às 11h. Entretanto, o clássico contra o Botafogo, domingo no Estádio Nilton Santos, está mantido.

É o que garantiu Marcelo Vianna, diretor de competições da Federação de Futebol do Rio de Janeiro. O Vasco terá, com isso, um intervalo de apenas 51 horas entre um compromisso e outro, o que fere o regulamento que estipula um prazo mínimo de 66 horas.

– O Vasco não se recusará a entrar em campo, até porque o regulamento prevê esse tipo de situação, em casos de força maior as partidas são transferidas para o dia seguinte. É ruim, o clube vai jogar num intervalo menor do que o Botafogo, mas a partida está mantida. Poderíamos até negociar uma modificação no horário com a TV por ser o jogo da TV aberta, mas não há outro jogo a ofertar para a TV aberta, ficamos presos a isso. Por isso, a partida Botafogo x Vasco está mantida para domingo às 16h – afirmou Vianna ao Premiere.

Por conta do calendário apertado, tanto Botafogo quanto Vasco só poderiam mesmo jogar no domingo, já que terão compromissos por outras competições na quarta-feira que vem, às 21h30: o Glorioso estreia na Copa do Brasil contra o Caxias, em Caxias do Sul, enquanto os cruz-maltinos recebem o Oriente Petrolero pela Copa Sul-Americana.

Vasco deve ir com reservas contra o Botafogo

Antes mesmo do problema com a iluminação de São Januário, o técnico do Vasco, Abel Braga, já havia adiantado que deve escalar a equipe reserva para o clássico contra o Botafogo, por conta da sequência de jogos. O cruz-maltino já havia enfrentado o Flamengo, na semana passada, também com um time repleto de suplentes.

Fonte: Redação FogãoNET