Ex-Botafogo, Jonathan passa a noite detido na Espanha acusado de violência de gênero

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Jonathan - Las Palmas
Divulgação

O lateral-esquerdo Jonathan, ex-Botafogo e atualmente emprestado ao Las Palmas (ESP) pelo Almería, foi liberado na manhã desta terça-feira após passar a noite detido acusado de violência de gênero nas Ilhas Canárias. A informação foi publicada pelo “Marca” e pelo “Canarias7”.

Jonathan teria agredido a esposa num hotel da cidade de Las Palmas – ela não prestou queixa. De acordo com o “GE”, funcionários e hóspedes do hotel é que realizaram a denúncia. O jogador depôs no Tribunal de Las Palmas de Gran Canaria e foi liberado em seguida, sendo acompanhado do advogado Sérgio Armario.

Segundo o “Canarias7”, a juíza María Auxiliadora Díaz impôs uma medida cautelar enquanto se apura se o jogador cometeu crime de violência contra a mulher, tipificado no artigo 153 do Código Penal da Espanha. O jogador não se pronunciou. O Las Palmas emitiu um comunicado oficial:

“Em relação aos fatos conhecidos ontem em relação ao jogador do UD Las Palmas Jonathan Silva, o clube quer afirmar o seguinte: o UD Las Palmas condena e rechaça veementemente qualquer tipo de violência e, claro, a de gênero. A detenção do jogador Jonathan Silva ocorreu em consequência de acontecimentos que afetam a sua vida particular e em nenhum caso tem relação com a atividade desportiva do referido jogador ou com a UD Las Palmas. A autoridade judiciária, após se manifestar, liberou o jogador e dará sentença nos próximos dias. A esposa do jogador não apresentou denúncia.”

Jonathan fez 17 jogos pelo Botafogo e marcou dois gols, após ser contratado ainda na base junto ao Nova Iguaçu. Depois, ele foi negociado com o Almería, em agosto do ano passado. Depois de uma temporada, foi emprestado ao Las Palmas, que também disputa a Segunda Divisão da Espanha.

Fonte: Redação FogãoNET, GE, Marca e Canarias7

Notícias relacionadas