Jorge Luiz, do La Verdad de Junín, cidade do Sarmiento (clube do meia que está de malas prontas para o Glorioso) compara o futebol de Núñez ao de Dátolo, que se destaca no Galo

“Embora não seja muito conhecido fora da Argentina, Gervásio Núñez é experiente, defendeu times como o Rosario Central e o Quilmes e, buscando maior projeção, chegou ao Sarmiento, equipe da cidade de Junín, e saiu-se muito bem. Resta saber agora é se conseguirá ser protagonista num clube histórico e grande como é o Botafogo. Mas não posso deixar de ressaltar que o time carioca fez uma boa escolha.

Gervasio Núñez tem habilidade, é incisivo e, mesmo ressaltando que a sua primeira metade do ano foi muito superior àquela apresentada na reta final de 2015, foi um dos jogadores mais criativos do Sarmiento nesta temporada.

Ele atua muito bem como o primeiro meia. Gosta de buscar o jogo e cair pelo setor esquerdo, partindo para o ataque. Para que o torcedor brasileiro tenha uma comparação, já que não deve acompanhar o Sarmiento, time de menor porte na Argentina, o futebol deste jogador se assemelha ao de Dátolo, que todos conhecem do Atlético Mineiro.

Só não esperem que ele venha resolver problemas de gols. Gervasio  Balança as redes poucas vezes. Ele é um garçom.”

 

Fonte: Terra