Em alta após fazer o gol contra o Santos, o volante Rodrigo Lindoso admitiu que ficou chateado por não ter começado a partida contra o Grêmio, na ida das quartas da Libertadores, o empate sem gols no Nilton Santos. Apesar disso, ele mostrou compreensão com a decisão do técnico Jair Ventura.

– Sou bem sincero. Claro que fiquei chateado por não iniciar contra o Grêmio,mas foi uma opção do Jair e sempre vou respeitar. É claro que fiquei chateado. Jogador que está no banco não tem que ficar contente. Mas respeitei e cabe a mim buscar meu espaço e fazer por merecer. No sábado acho que fui bem. Cumpri meu papel e cabe ao Jair decidir se começo ou não – opinou o meio-campista.

De olho no rival

Rodrigo Lindoso também comentou sobre os possíveis retornos do atacante Luan e do zagueiro Geromel ao time do Grêmio. Ele acha que o Tricolor Gaúcho ficará fortalecido caso eles voltem, mas lembra que a dupla não vence um jogo sozinha:

– O Luan já foi convocado para a Seleção. O Geromel também. Claro que quando você chega à Seleção você ganha um respeito a mais. E a gente respeita. Mas só eles dois não vão ganhar o jogo. Sabemos que tem uma equipe por trás disso. O que acontece com o Botafogo é por causa da força do grupo. Eles vão ajudar o Grêmio, mas isso não é fundamental – finalizou.

Fonte: Terra