Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC

ABC

X

Escudo Botafogo

BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda

VRE

X

Escudo Botafogo

BOT

Campeonato Carioca

04/04/21 às 17:00 - Giulite Coutinho

Escudo Botafogo

BOT

1

X

1

Escudo Portuguesa

POR

Loco Abreu repassa história no Botafogo e torce por jogo de despedida: ‘No futuro penso em voltar como treinador’

comentários

Compartilhe

Loco Abreu torce por jogo de despedida no Botafogo
Reprodução/Canal do TF

Atualmente jogador e técnico do Boston River (URU), aos 43 anos, Loco Abreu nunca escondeu o desejo de retornar ao Botafogo. O tempo como atleta passou um pouco, mas os planos do uruguaio para o futuro passam pelo Glorioso.

Em entrevista ao jornalista Thiago Franklin, durante live com o ex-dirigente André Silva, Loco Abreu comentou o assunto.

Mochilas, bolsas e carteiras da coleção FogãoNET da Estilo Piti

– Agora com a minha situação, fazendo transição jogador-treinador, a única coisa que acho que pode ter é um jogo de despedida no Botafogo. Penso em voltar no futuro como treinador, mas tem que ter tranquilidade e esperar o momento certo. As folhas do livro já estão feitas, é só esperar qual número que vai caber para mim – declarou Loco Abreu, que quase retornou recentemente.

– Em 2019, um dia antes de o Gustavo Noronha (então vice de futebol) falar para mim sobre voltar, já tinha dado a palavra para o Rio Branco-ES. Com toda dor que gerou essa situação, não conseguia descumprir a palavra e voltar atrás. Ficou no quase, não aconteceu – lembrou.

Mochilas, bolsas e carteiras da coleção FogãoNET da Estilo Piti

História no Botafogo

Loco Abreu se orgulha do que fez no Botafogo entre 2010 e 2012. O ídolo lembrou como nasceu a identificação com o clube.

– Minha estreia foi horrível, a pior que um jogador pode ter (derrota por 6 a 0 para o Vasco). Os dirigentes fizeram muito pela minha contratação, imagino o telefone deles depois do jogo, “essa árvore lá na frente”. O bom é que um mês depois já tinha o Vasco na final e a oportunidade de mudar o que tinha acontecido. Ganhamos por 2 a 0 e começamos a melhorar o astral – destacou.

– Agradeço ao André Silva, Anderson Barros, ao grupo, Joel Santana, tudo aconteceu pela final de 2010. Por termos ganho a final sobre o arquirrival depois virmos tomando soco na cara por três anos consecutivos. Era muita ansiedade e muita tristeza por perder as finais, com a revolta do dia seguinte. O pessoal estava engasgado. Do jeito que foi, final especial, com dois pênaltis e o segundo com a cavadinha, o torcedor pôde sair para a rua como um maluco para comemorar. Foi um momento que a partir daí ficou – acrescentou.

Loco Abreu beija o escudo do Botafogo para provocar flamenguistasLoco Abreu provocou a torcida do Flamengo quando era jogador do Figueirense (Foto: Reprodução/SporTV)

Segunda pele com escudo do Botafogo

A história de Loco Abreu é marcada também por uma camisa que usa por baixo do uniforme e chama de “segunda pele”, com referências importantes da sua vida. Ele incluiu um escudo do Botafogo nela.

– Aconteceu quando fiquei sabendo na Copa do Mundo que a torcida ia para a Fan Fest com a camisa celeste alvinegra, comemorativa com a bandeira do Uruguai e do Botafogo. Começaram a me mandar vídeos. Chegamos na semifinal. Minha forma de gratidão foi colocar a estrela solitária na minha segunda pele. Depois comemorei o título da Copa América com a bandeira da minha cidade e a bandeira do Botafogo, quando fui pegar a medalha. Era o mínimo que eu podia fazer, porque não é normal. Não sei se aconteceu alguma vez, de torcedores do Brasil torcerem para o Uruguai – explicou.

Veja o vídeo com a participação de Loco Abreu no Canal do TF a partir de 1:29:00:

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do TF

Comentários