Lodeiro: Bota não pode mudar forma de jogar no clássico

Compartilhe:

Depois da volta à ativa na quarta-feira, quando venceu o Figueirense pela Copa do Brasil, o Botafogo terá seu primeiro compromisso pelo Brasileiro após a realização da Copa das Confederações, contra o Fluminense, neste domingo. Entre as duas partidas, os atletas tiveram dois dias de recuperação física e só fizeram um treino com bola, neste sábado, no campo anexo do Engenhão.

O meia Lodeiro acredita que, dentro do pequeno espaço de tempo, esta foi a melhor alternativa para se preparar. E acha que o fato de ter um clássico pela frente não deve mudar a forma de jogar do time. A recordação recente deste duelo é boa para o Bota, que foi campeão da Taça Rio – e consequentemente do Carioca – em cima do Tricolor.

– Não temos que mudar nada. O Vitinho entrou no lugar do Fellype Gabriel e está jogando bem. Clássico é sempre um jogo intenso. Foi bom ter um descanso a mais, tivemos uma partida difícil na quarta, e o desgaste foi grande. A preparação para o clássico foi muito boa por causa disso – disse o camisa 14.

Como disputou a Copa das Confederações pela seleção de seu país, o uruguaio teve a chance de conhece alguns dos novos estádios do Brasil, inclusive a Arena Pernambuco, local do clássico. E ficou satisfeito com o que viu.

– São estádios no mesmo nível dos europeus. Fiquei impressionado. Gramado bom, estrutura boa. Jogar contra o Figueirense foi importante para eu pegar ritmo, joguei pouco na Copa das Confederações. Estava sentindo a coxa um pouco dolorida, mas não acho que isso foi relevante. Foi opção do treinador do Uruguai e respeito isso.

O Botafogo é o terceiro colocado do Brasileiro com dez pontos, um a mais do Fluminense, que vem na cola, na quarta posição.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários