Lúcio Flávio lembra 2007 e revela vontade de voltar ao Botafogo

Compartilhe:

Quando a bola rolar nesta noite, os mais supersticiosos torcedores do Botafogo vão cruzar os dedos e concentrar suas energias para fazer que um antigo fantasma não reapareça: a frustrante eliminação do Glorioso, na semifinal da Copa do Brasil de 2007, em pleno Maracanã, diante da equipe catarinense.

Ana Paula anulou lances cruciais no duelo

Foto:  Marcelo Regua / Agência O Dia

Na ocasião, o Glorioso ganhou por 3 a 1, mas o Figueira levou a melhor, pois havia vencido em casa por 2 a 0. Durante o jogo, o Alvinegro não decepcionou a torcida e dominou amplamente. No primeiro tempo abriu 2 a 0 ( Zé Roberto e André Lima), mas teve dois gols anulados pela assistente Ana Paula Oliveira, o que provocou enorme polêmica.

A decisão iria para os pênaltis, mas falha do goleiro Júlio César deu a vaga ao Figueirense. O Glorioso ainda marcou um gol no último minuto, mas de nada adiantou.

“Foi um melhores jogos daquele time do Botafogo. A torcida apoiou, a gente deu sangue em campo, mas os gols anulados e o gol sofrido no fim nos tiraram a vaga. Uma pena”, lembrou Lúcio Flávio, titular do time à época.

Atualmente, Lúcio Flávio está no Paraná

Foto:  Divulgação

Atualmente no Paraná Clube, ele aposta em uma vitória do Glorioso: “Os dois clubes já se enfrentaram várias vezes e isso não vai influenciar em nada. Vou torcer para o Botafogo, tenho amigos lá”, disse Lúcio Flávio, que não descartou voltar ao Alvinegro.

“Vontade de voltar a gente sempre tem, meus filhos me cobram. Quem sabe um dia”, afirmou.

Fonte: O Dia Online

Comentários