O Rubro-negro já sabe que não vai ter mais o aporte da Viton 44, empresa que estampa suas marcas nas costas e na manga da sua camisa. Com dívidas e sem dinheiro em caixa, o empresário Neville Proa vai suspender o incentivo. Em outubro deste ano, a Viton chegou a dever R$ 5 milhões ao Flamengo.

Fonte: Extra Online