Embora tenha vencido a Chapecoense por 1 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Nilton Santos, o técnico Marcos Paquetá não ficou totalmente satisfeito com o desempenho do Botafogo mesmo com o resultado positivo após duas derrotas consecutivas. Em sua análise, não foi dessa maneira que a equipe projetou atuar.

“A gente precisava desse resultado e os jogadores estão cientes, tanto que ninguém comemorou depois do jogo. Não fizemos o jogo que a gente queria, poderia ter sido melhor. O nervosismo, a tensão de querer ganhar talvez tenha atrapalhado”, declarou o treinador.

Sobre as vaias da torcida a jogadores como Marcinho – autor do gol – e Valencia, Marcos Paquetá foi compreensivo, mas cobrou apoio dos alvinegros também.

“É normal torcedor se irritar, mas na hora que faz bem tem que aplaudir. Tem que entender que temos dificuldades. Pode vir xingar, reclamar, mas venham aqui. Não adianta ficar de casa reclamando. Estou acostumado com isso, trabalhei em grandes clubes”, disse.

Com o resultado, o Botafogo pulou para a primeira parte da tabela e ficou na 10ª colocação com 20 pontos. Já a Chapecoense foi para a zona de rebaixamento, no 17º lugar, com 16 pontos.

Neste domingo os cariocas visitam o Internacional, às 16h, no Beira-Rio (RS). Já os catarinenses recebem às 19h o Grêmio na Arena Condá (SC).

Fonte: UOL