Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Negociação entre Botafogo e Cruz Azul tem indefinição e Kanu quer jogar contra o Fluminense

50 comentários

Compartilhe

Kanu em Vasco x Botafogo | Campeonato Brasileiro 2020
Reprodução/Premiere

Kanu está próximo do futebol mexicano, mas ainda existe a possibilidade de fazer uma “despedida” do Botafogo dentro de campo. A negociação entre o Alvinegro e o Cruz Azul-MEX encontrou uma indefinição no sentido de prazos e o desejo do zagueiro é entrar em campo diante do Fluminense, no próximo domingo, às 20h30, pelo Campeonato Brasileiro, caso o martelo ainda não tenha sido batido de forma oficial.

A vontade do zagueiro é jogar o clássico se ele ainda não tiver assinado com a equipe mexicana. Kanu quer ajudar o Botafogo, que passa por uma situação praticamente irreversível no sentido de rebaixamento, em campo.

A negociação será um empréstimo com opção de compra. Caso o sinal verde apareça na negociação, Kanu viaja para o México de forma imediata para realizar exames e se apresentar ao Cruz Azul, já que a janela de transferências no México fecha no fim de janeiro.

Os dois times encontram um pequeno problema no sentido de prazos do possível pagamento da compra definitiva do zagueiro. O Botafogo realizou uma contraproposta em relação aos primeiros números apresentados pelo Cruz Azul, que ainda não respondeu. Os valores, contudo, já estão definidos – o Alvinegro pode colocar mais de R$ 20 milhões no bolso com o negócio.

Em um primeiro momento, Kanu não ia para o jogo por conta da negociação. Com tal indefinição, o zagueiro quer “aproveitar a brecha” para ajudar o clube de General Severiano até o último minuto. Mesmo assim, a presença do atleta contra o Fluminense não é garantida: mesmo com a vontade do zagueiro, a diretoria pode optar em poupá-lo para evitar uma possível lesão e, consequentemente, o fim da negociação.

Fonte: Terra

Comentários