O Internacional acertou, nesta terça-feira (22), a rescisão de contrato com o lateral direito Alemão. Ex-jogador do Botafogo, ele estava emprestado ao Pohang Steelers, da Coreia do Sul, voltou ao Brasil neste mês e não constava nos planos do clube gaúcho para a temporada.

Aos 28 anos, Alemão ainda tinha vínculo com o Inter até o final de 2020.

A rescisão foi o caminho encontrado pelo Internacional para resolver a situação do lateral direito. Livre no mercado, ele deve se acertar com um novo clube brasileiro em breve.

Alemão foi contratado pelo Inter no início de 2017, fazendo parte do pacotão de reforços do clube para a disputa da Série B. Acabou jogando pouco em virtude de uma grave lesão e ficou marcado por cruzar o gramado do Beira-Rio de joelhos após superar o problema clínico.

Em 2018, ele foi emprestado ao Paraná, começou bem e ao perder lugar no time pediu para ser negociado. De lá, foi para o Pohang Steelers. Na Coreia, foram 10 partidas disputadas.

Heitor é promovido

O elenco do Internacional até tinha espaço para a volta de Alemão. Com Zeca lesionado e Bruno ainda vetado pela preparação física, o time reserva improvisou Bruno José e depois Emerson Santos na estreia do Gauchão.

Depois de vencer o São Luiz-RS com os improvisos, a comissão técnica resolveu chamar Heitor para o elenco principal. O jovem estava no time sub-20 e passa a ser alternativa diária para as atividades. Eventualmente poderá ser usado no estadual.

O Internacional volta a campo na quinta-feira, contra o Pelotas, pela segunda rodada do Gauchão. A partida acontece no Beira-Rio, às 20h15 (Brasília).

Fonte: UOL