Paciente por Dória, Botafogo aguarda mercado aquecer

Compartilhe:

A operação financeira para vender o zagueiro Dória, de apenas 18 anos de idade e com contrato até 2017, é um desafio até mesmo para o Botafogo, que detém 40% de seus direitos econômicos. No clube, há um consenso de que é preciso esperar pelo menos até a janela de transferências internacionais da Europa esquentar, o que normalmente acontece de meados de julho até o fim de agosto, quando encerra o período de compra de jogadores do exterior, mesmo com a situação financeira complicada, que piorou depois da interdição do Engenhão no dia 26 de março.

Dória está em ação com a seleção brasileira sub 20 em amistosos pela Europa, o que pode aumentar ainda mais o interesse de grandes clubes do continente do jogador. O Botafogo já deixou passar uma proposta do grupo DIS de sete milhões de euros (R$ 20 milhões) e, agora, deve fazer o mesmo com outra apresentado pelo BMG, que já tem 20% dos seus direitos econômicos e estaria disposto a pagar 7,5 milhões de euros (R$ 21,5 milhões) pelos 80% restantes.

Com grupos de investidores chegando ao valor exigido pelo Botafogo para liberar o jogador (3,2 milhões pela sua parte no bolo), os dirigentes perceberam a possibilidade de existir uma proposta ainda maior por Dória sendo preparada por algum clube europeu. Com isso, existe a expectativa de que o valor possa ultrapassar os 10 milhões de euros (R$ 28,6 milhões).

Alvo de sondagens desde o fim do ano passado, quando terminou o Campeonato Brasileiro como titular do Botafogo, Dória é representado pela VF Sports, que detém 40% de seus direitos econômicos. Nesse caso, a situação para o clube é mais cômoda ao negociar, já que o jogador não manifestou o desejo de sair, como aconteceu com Fellype Gabriel, em fase final de negociação para jogar nos Emirados Árabes.

No sábado, Dória disputará seu último jogo em uma excursão de um mês com a seleção brasileira sub 20, disputando a final da Valais Cup, na Suíça, contra Gana. O jogador é o capitão do time e levantou a taça de campeão do Torneio de Toulon.

Depois do jogo contra Gana, Dória volta ao Brasil e se reapresentará ao Botafogo na terça-feira, quando o grupo viajará para um período de treinamentos em Pinheiral. O time entra em campo novamente apenas no dia 3 de julho, contra o Figueirense, pela terceira fase da Copa do Brasil, ainda sem local definido.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários