Agora que o capitão voltou, o Botafogo pode, enfim, conquistar a Série B do Brasileiro. Sob o comando de Jefferson, maior ídolo da torcida atualmente, basta uma simples vitória sobre o rebaixado ABC, hoje, às 21h30, no Mané Garrincha, para ficar com a taça. Mas o ‘professor’ Ricardo Gomes não ficará satisfeito com uma nota na média. A exigência é que o time tire 10 em futebol refinado e seja aprovado com louvor pelos brasilienses.

Para mudar a péssima impressão deixada na derrota para o Santa Cruz, somente um triunfo com atuação de alto nível. Animado, o Ricardo Gomes está convicto em um desempenho infinitamente melhor do que o demonstrado na última rodada.

“Estou muito confiante para os últimos dois jogos (ABC e América-MG). Serão duas vitórias convincentes. Temos que jogar bem. Isso é um espetáculo. A grande maioria pagou para assistir ao jogo. Por ser um jogo de título, a torcida quer comemorar e ver um bom espetáculo. É paixão. Se jogar mal, você vai ser vaiado. Não tem conversa”, analisou o treinador.

Além de Jefferson, que volta da Seleção, o Botafogo conta com retorno de outro jogador que teve suma importância na campanha no Brasileirão. Daniel Carvalho, líder de assistências, volta ao meio-campo e a expectativa é que dê ao time a criatividade que faltou no último jogo.

O Botafogo só depende das próprias forças para se tornar o terceiro carioca com o título da Série B. Campo Grande, em 1982, e Vasco, em 2009, conseguiram o acesso e ficaram com a taça. Apesar de não ser uma conquista que entusiasme a torcida, ela mostra que o planejamento para a temporada foi bem executado. Se for com uma vitória maiúscula e atuação de gala, melhor ainda.

Fonte: O Dia Online