Em todas as posições, as lesões vêm atrapalhando o Botafogo e impedindo a equipe de alcançar seu auge, mas uma delas parece especialmente amaldiçoada: a lateral-direita. Ontem, foram reveladas duas péssimas notícias envolvendo a posição.

Jonas, titular este ano, tem uma lesão mais séria do que o previsto e ficará fora por pelo menos seis meses. Durante cirurgia feita na última quinta-feira, descobriu-se que ele rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo na partida contra o Volta Redonda, pelo Estadual.

A outra é que Marcelo, zagueiro que vinha sendo improvisado na posição, preocupa para o jogo contra o Vasco, no próximo domingo, pela Taça Rio. Durante o treinamento de ontem ele sentiu o músculo posterior da coxa direita.

Uma avaliação será feita hoje, mas sua entrada em campo amanhã é considerada muito difícil.

Marcelo, portanto, é o terceiro titular da lateral-direita que agora está contundido.

Luis Ricardo, titular da posição no ano passado, não joga desde setembro devido a uma fratura no tornozelo esquerdo. Jonas passou a ocupar a posição nesta temporada, e não vinha decepcionando até se machucar.

O único outro lateral-direito de origem no elenco é Marcinho, que vem das divisões de base. Entretanto, o técnico Jair Ventura pode continuar sem utilizá-lo e colocar o meia Fernandes, também oriundo da base, na posição.

Fernandes parece ter moral com o treinador: acaba de ser acrescentado ao grupo que disputará a Libertadores, e já foi relacionado para a partida da última terça-feira, contra o Estudiantes. Marcinho sequer ficou no banco no jogo, apesar de estar inscrito na competição.

Fonte: Extra Online