Todos sabem que o Estadual não é prioridade para o Botafogo nesta temporada e que o foco do clube é a Libertadores. Agora, entretanto, parece que o torneio regional será mais do que apenas um coadjuvante e pode atrapalhar a preparação do Alvinegro para as duas próximas rodadas da fase de grupos da Copa Libertadores.

Isso porque a delegação fará uma viagem casada para as próximas duas partidas, contra Atlético Nacional (dia 13 de abril) e Barcelona de Guayaquil (dia 20) – ou seja, não volta ao Brasil entre um jogo e o outro. O time deixa o país dia 11 de abril e retorna dia 21. Só que durante essa viagem, no dia 16, ocorre a final da Taça Rio. Se o clube se classificar para a decisão, parte do elenco virá ao Brasil apenas para disputar a final e depois seguirá para o Equador, onde jogará quatro dias depois.

Mais uma vez, o Estadual pode ser uma inconveniência para o Botafogo, que já negligenciou o início da competição e entrou em campo com equipes reservas enquanto disputava a pré-Libertadores.O treinador Jair Ventura ainda não falou publicamente se pretende utilizar o time titular numa eventual final de turno ou se mandará reservas para manter os titulares se preparando para a Libertadores.

A Taça Rio pode ser importante para o Botafogo alcançar a semifinal do Estadual. Entretanto, o clube ainda tem chance de chegar às semis pela classificação geral.

Fonte: Extra Online