Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Presidente do Botafogo: ‘Não vai ser, mas eu até gostaria de dividir o estádio com Fluminense’

67 comentários

Compartilhe

Presidente do Botafogo: ‘Não vai ser, mas eu até gostaria de dividir o estádio com Fluminense’
Vitor Silva/Botafogo

Presidente do Botafogo, Durcesio Mello foi entrevistado pela Rádio Bandeirantes nesta terça-feira e falou, entre diversos assuntos, sobre o Estádio Nilton Santos. A questão era sobre o futuro da casa alvinegra, que está sob responsabilidade do clube até 2031, quando se encerra a concessão obtida junto à Prefeitura do Rio de Janeiro.

– Ninguém vai querer o Nilton Santos, já tem nossa cara. O Flamengo tem o Maracanã, o Vasco tem São Januário. Poderia ser o Fluminense, mas não vai ser. Eu até gostaria de dividir o estádio com o Fluminense, por exemplo, como vários estádios do mundo são divididos. A Inter de Milão quando joga é Giuseppe Meazza, quando é o Milan é San Siro. É o mesmo estádio. E assim tem outros. Então por que não dividir, e dividir despesas e receitas também? – ponderou Durcesio.

Banner de produtos com frete grátis na loja do FogãoNET: bolsas de academia e mochila do Botafogo

O presidente alvinegro foi questionado ainda se o Botafogo ainda é clube grande.

– É lógico que é. Time que tem quatro milhões de torcedores ainda é grande, com certeza. É grande, mas não está grande no momento. É o clube que mais cedeu jogadores para a Seleção Brasileira em Copas do Mundo, o único com dois jogadores eleitos o melhor da Copa, Didi e Garrincha em 58 e 62, tem o maior recorde de invencibilidade no Brasil. É óbvio que isso é história, infelizmente não traz dinheiro no momento. Mas temos muita coisa – destacou Durcesio, que lamentou os resultados dos últimos anos.

– É o grande problema que temos, porque só se segura sua torcida com títulos e/ou ídolos e não temos um título importante há mais de 20 anos. É uma preocupação. A torcida será parte importante disso, temos que contar muito com ela para incrementar o sócio-torcedor. A torcida está descrente, e é compreensível. Eu fui torcedor de arquibancada, eu sei como é isso – completou.

Veja o vídeo da entrevista:

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Bandeirantes

Comentários