A Radio Botafogo tem dito com muita ênfase que o trabalho de consultoria que foi elaborado pela Ernst & Young, após apresentado aos irmãos Moreira Salles, em tendo viabilidade econômica e investidores interessados, levará anos para ser implementado.

Claro que é muito importante que seja aprovado, que se inicie o projeto, mas estará longe de uma solução imediatista que solucionará nossos problemas de mais de 1 século.

Alexandre Rangel, sócio da Ernst & Young, líder de trabalho e responsável por outros pelo Brasil em que a EY prestou e presta esse tipo de consultoria, deixou isso muito claro no seu Twitter.

“É lamentável que as pessoas tentem atrapalhar o Botafogo criando espectativas (sic) irreais nos sócios e torcedores, pegando fragmentos de informação e maliciosamente usando para parecer “informados” quando na verdade estão apenas atrapalhando o clube.”

“Projetos de capitalização em qq empresa são importantes na recuperação financeira e restruturação da dívida…manter o negócio funcionando.”

“Contudo, saltos de competitividade dependem 100% no longo prazo só da torcida: Bilheteria, ST, mkt… não existe mecenato de 200/300M por ano”.

Fonte: Rádio Botafogo