Quase contratado pelo Botafogo, o atacante Jorge Ortega se envolveu numa situação curiosa. Em entrevista à Rádio AM970, o jogador revelou que foi traído por seu empresário, que só o avisou depois de tudo acertado com o Glorioso de que seu contrato com o Sportivo Luqueño (PAR) se encerrava em 31 de dezembro de 2016, e não um ano antes.

– Tenho que pagar 60 mil dólares para rescindir o contrato. Aí me falaram que seria um jogador livre. Francisco Ocampo (seu representante) agora fala que tenho mais um ano de contrato, e eu não sabia de nada – disse o jogador.

O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, já deu entrevistas descartando qualquer possibilidade de acerto com este jogador.

Fonte: Redação FogãoNET e Goal.com